Programa Sistema de Vigilância em saúde Ambiental para a Região Amazônica (PVSA)

MAIS INFORMAÇÕES

PUBLICAÇÕES

DOCUMENTOS

O Programa de Vigilância em Saúde Ambiental para a Região Amazônica (PVSA) foi uma estratégia que nasceu da cooperação entre os países amazônicos e contou com apoio financeiro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com a finalidade de fortalecer os sistemas de vigilância em saúde ambiental na Amazônia em temas prioritários em saúde como a qualidade da água para consumo humano, gestão de resíduos, riscos à saúde devido a substâncias químicas, doenças transmitidas por vetores e desastres.

Objetivo

O trabalho do PVSA visou o desenvolvimento de iniciativas nacionais e internacionais coordenadas entre os Países Membros para melhorar a saúde das populações amazônicas. Concentrou-se na tarefa de compartilhar informações dos sistemas de vigilância dos países e desenvolver uma “caixa de ferramentas” com diferentes instrumentos e documentos de trabalho produzidos pelos países para que possam ser usados como referência e consulta para melhorar seus próprios sistemas de vigilância e indicadores de saúde.

Resultados alcançados

Entre seus principais resultados estão o estabelecimento de 4 pontos-pilotos de trabalho fronteiriço para a vigilância em saúde ambiental: Iñapari (Peru) com Assis (Brasil), Cobija (Bolívia) com Epitaciolândia e Brasileia (Brasil), Guajaramerín (Bolívia) com Guajara-Mirim (Brasil) e Leticia (Colômbia) com Tabatinga (Brasil).

Além disso, foi elaborado a guia de adaptação às Mudanças Climáticas e Variabilidade Climática, na perspectiva da saúde, e diversos projetos foram desenvolvidos para a implementação específica de atividades em: Doenças Tropicais Negligenciadas, Contaminação por Mercúrio, Desastres e Indicadores de Vigilância Sanitária em Saúde para Amazônia.

Sócios estratégicos

Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) 

Publicações

Documentos técnicos

Documentos financeiros

Outros documentos

Notícias

Pin It on Pinterest