Programa Sistema de Vigilância em saúde Ambiental para a Região Amazônica (PVSA)

MAIS INFORMAÇÕES

PUBLICAÇÕES

DOCUMENTOS

O Programa de Vigilância em Saúde Ambiental para a Região Amazônica (PVSA) foi uma estratégia que nasceu da cooperação entre os países amazônicos e contou com apoio financeiro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com a finalidade de fortalecer os sistemas de vigilância em saúde ambiental na Amazônia em temas prioritários em saúde como a qualidade da água para consumo humano, gestão de resíduos, riscos à saúde devido a substâncias químicas, doenças transmitidas por vetores e desastres.

Objetivo

O trabalho do PVSA visou o desenvolvimento de iniciativas nacionais e internacionais coordenadas entre os Países Membros para melhorar a saúde das populações amazônicas. Concentrou-se na tarefa de compartilhar informações dos sistemas de vigilância dos países e desenvolver uma “caixa de ferramentas” com diferentes instrumentos e documentos de trabalho produzidos pelos países para que possam ser usados como referência e consulta para melhorar seus próprios sistemas de vigilância e indicadores de saúde.

Resultados alcançados

Entre seus principais resultados estão o estabelecimento de 4 pontos-pilotos de trabalho fronteiriço para a vigilância em saúde ambiental: Iñapari (Peru) com Assis (Brasil), Cobija (Bolívia) com Epitaciolândia e Brasileia (Brasil), Guajaramerín (Bolívia) com Guajara-Mirim (Brasil) e Leticia (Colômbia) com Tabatinga (Brasil).

Além disso, foi elaborado a guia de adaptação às Mudanças Climáticas e Variabilidade Climática, na perspectiva da saúde, e diversos projetos foram desenvolvidos para a implementação específica de atividades em: Doenças Tropicais Negligenciadas, Contaminação por Mercúrio, Desastres e Indicadores de Vigilância Sanitária em Saúde para Amazônia.

Sócios estratégicos

Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) 

Publicações

Documentos técnicos

Documentos financeiros

Outros documentos

Notícias

Nota de condolencias

Nota de condolencias

Es con gran pesar que la Secretaría Permanente de la Organización del Tratado de Cooperación...

Pin It on Pinterest